crítica

Um assombro de irmãs [Fantasmas]

fantasmas_2

Fantasmas. Encenação, cenografia, texto e interpretação: André Murraças. Produção: Um Marido Ideal. Co-produção: FIMFA Lx – Festival Internacional de Marionetas e Formas Animadas / A Tarumba. Apoios: Teatro Nacional de São Carlos, Teatro Praga, Museu Nacional de História Natural e da Ciência Agradecimentos: Duarte Pereira Gomes, Cristina Correia, Bruno Reis, Cândida Murraças, Cristiana Couceiro. Técnica: Teatro de objectos e magia. Idioma: Português. Público-alvo: +12 Duração: 30 min. aprox.

12 de Maio, Sala Luís Miguel Cintra (Palco) – São Luiz Teatro Municipal

FIMFA – Festival Internacional de Marionetas e Formas Animadas

O primeiro espectáculo curto FIMFA de 2017 é uma sessão espírita cheia de anotações de humor. Somos convidados a participar numa sessão de comunicação com o além pela mão de André Murraças, autor e intérprete deste momento de contacto entre dois mundos.

Continuar a ler

Anúncios
Standard
crítica

Visões de dentro do muro [The Adventures of White-Man]

Paul Zaloom_Adventures of a White Man (4)

The Adventures of White-Man. Texto, concepção e intérprete: Paul Zaloom. Texto, dramaturgia, construção de marionetas e cenografia: Lynn Jeffries. Encenação e textos adicionais: Randee Trabitz. Técnico de vídeo: Darryl Yong. Construção do dispositivo cénico: Sandy Adams. Fotografias: Johanna Austin. Apoios: National Performance Network (NPN) Creation Fund Project co-comissionado por Flynn Performing Arts Center, Burlington, Vermont, em parceria com Dance Place in Washington, D.C.; Center for Puppetry Arts, Atlanta, Georgia; e NPN. Creation Fund é apoiado por Doris Duke Charitable Foundation, Ford Foundation e National Endowment for the Arts; Jim Henson Foundation. Agradecimentos: Lynn Jeffries, Randee Trabitz, Bread and Puppet Theater, Jim Henson Foundation, Grand Performances, National Performance Network, National Endowment for the Arts, Arnie Molina do Flynn Center em Burlington, Sandy Adams, Darryl Yong e Amanda Zaloom. Técnica: Teatro de objectos. Idioma: Inglês, com legendagem em português. Público-Alvo: +14. Duração: 50 min.

20 de Maio de 2017, Sala-estúdio do Teatro Nacional D. Maria II

FIMFA’17 – Festival Internacional de Marionetas e Formas Animadas

Paul Zaloom é um marionetista, humorista, cineasta e performer muito conceituado, que ganhou vários prémios e importantes bolsas de apoio à criação nos Estados Unidos. A sua abordagem cómica e satírica da sociedade e política norte-americanas, a par com o seu invulgar talento, faz do seu nome uma garantia de um bom espectáculo, repleto de humor e inteligência acutilantes.

Continuar a ler

Standard
crítica

Era uma vez… [Nos tempos de Gungunhana]

Nos tempos de gungun.

Nos tempos de Gungunhana. Textos originais: Ungulani Ba Ka Khosa. Criação e interpretação: Klemente Tsamba. Apoio e assistência criativa: Filipa Figueiredo, Paulo Cintrão e Ricardo Karitsis Classificação etária: M/16.Duração: 60 minutos sem intervalo.

15 de Março, Sala-estúdio do Teatro Municipal Pax Júlia, Beja

FITA – Festival Internacional de Teatro do Alentejo

É com humor e descontração que se inicia a segunda semana do FITA, em Beja. Pela mão de Klemente Tsamba, é-nos apresentado um conjunto de histórias em torno do guerreiro da tribo tsonga Umbangananamani e seus amores.

Continuar a ler

Standard
artigo, crítica, entrevista

Enquanto houver estrada para andar… [Sforzando]

sforzando-vila-real

Sforzando. Concepção e encenação: Mafalda Saloio. Direcção musical: Maestro Adelino Mota e Maestro Carlos Pinto Pereira (Vila Real). Participação especial: Victor d’Andrade. Interpretação: Banda do Comércio e Indústria das Caldas da Rainha e Banda de Música Mateus (Vila Real). Desenho de luz, sonoplastia e coordenação técnica: Pedro Fonseca / colectivo.ac. Coordenação técnica no CCC: José Manuel Ramalho. Vídeo mapping: Marco Telmo Martins. Técnico de luz: Joana Coelho. Técnico de palco: Pedro Godinho. Técnico de som: João Nunes. Design gráfico: Patrícia Pinto. Fotografia cartaz: Gonçalo Bastos. Fotógrafo que acompanhou o projecto: Nuno Conceição. Fotografia (Vila Real): Eduarda Freitas e Paulo Araújo. Produção: Mafalda Saloio. Coprodução: Centro Cultural de Congressos das Caldas da Rainha.

Teatro de Vila Real, 19 de Novembro de 2016 

As portas da sala do Teatro de Vila Real abrem-se para acolher o público que aguarda ansiosamente para ver o espectáculo onde participam alguns moços da terra. Entre crianças e adultos, todos esperam para assistir a Sforzando: um encontro entre música e teatro. O espectáculo de Mafalda Saloio é uma das criações[i] desenvolvidas no âmbito da residência artística 2014/2015, no Centro de Congressos das Caldas da Rainha, trazido agora a Vila Real com a participação da Banda Mateus (banda filarmónica local). Este trabalho, marcadamente dedicado à construção artística com a comunidade, demonstra uma preocupação atenta e respeitosa das práticas que habitualmente colocamos nas franjas da criação e encaramos como exercícios mais do que como objectos artísticos.

Continuar a ler

Standard
crítica

Dançar com fantasmas [Tutu]

 

lichtbende2bfimfa2blx16

Tutu. Direcção artística, concepção, imagens e performers: Marie Raemakers, Rob Logister. Compositores e intérpretes musicais: Axel Schappert, Helene Jank. Dramaturgia e coreografia: Jeannette van Steen. Olhar exterior: Rop Severien Fotografias: Rob Logister, Christian Mitrea Agradecimentos: Carlos Lagoeiro, Etienne Borgers, Irene Schaltegger, Myrthe Schuuring, Sandra Stark, Thamar van Loon en Sanne Bloemink. Técnica: Lanterna mágica. Idioma: Sem palavras. Público-alvo: Dos 6 aos 106 anos. Duração: Aprox. 50 min.

FIMFA – Festival Internacional de Marionetas e Formas Animadas

Teatro-Estúdio Mário Viegas, 14 de Maio de 2016

Vindos da Holanda, e pela primeira vez em Portugal, a companhia de teatro Lichtbende chega a Lisboa integrada na programação do FIMFA Lx 2016. Dedicado ao trabalho com luz e sombra e sua articulação com música ao vivo, este colectivo trabalha com lanternas mágicas, criando um ambiente fantástico que evoca os primórdios da arte do cinema, ao mesmo tempo que presta homenagem ao cientista holandês Christiaan Huygens, a quem foi atribuída a invenção destes dispostivos em 1659.

Continuar a ler

Standard
crítica

A “grande viagem” [Me llamo Suleimán]

Suleiman09

Me llamo Suleimán. Texto: Antonio Lozano. Encenação: Mario Veja. Interpretação: Marta Viera. Director de audiovisual: Juan Carlos Cruz. Desenhadores de audiovisual: Marga Turnbull, Mariano Romero. Animadores: María Dolores Abujas, Elvis Pedro Nsue. Desenho de luzes e coordenação técnica: Tomás Charte. Direcção de arte: Elena Gonca. Música: Salif Keita. Social Media, Web e RRSS: Héctor Muñoz. Comunicação e imprensa: Paco Medina. Design gráfico: unahoramenos. Fotografia: Tere Ruano. Assistência e construção de cenografia: Raquel Santana, Pepe Juan. Produção executiva: Pedro Carballido. Produção: unahoramenos producciones SL. Coprodução: Ayuntamiento de Agüimes.

Pax Julia – Sala Principal, 12 de Março de 2016

3ª edição do FITA – Festival Internacional de Teatro do Alentejo

Num momento em que a Europa atravessa a maior crise de refugiados desde a Segunda Guerra Mundial e vive um período complexo relativamente ao possível encerramento das suas fronteiras, o FITA 2016 encerra a programação de Beja com um espectáculo sobre as grandes migrações de africanos que fogem das suas nações fustigadas por guerras, conflitos, fome, intolerância religiosa, mudanças climáticas extremas e violações de direitos humanos. Estes migrantes são vítimas de uma acção massiva de intimidação, violência e opressão executadas por grupos que controlam o tráfico ilegal e exploram a sua vulnerabilidade.

Continuar a ler

Standard
crítica

Geração hashtag [SAY HELLO para o futuro]

Say Hello 01 (c) Anderson Martins

SAY HELLO para o futuro. Texto: Criação colectiva. Direcção: Felipe Martinez. Interpretação: Aline Ribeiro, André Galarça, Juliet Castaldello, Luiza De Rossi. Produção audiovisual: Gustavo Martinez e Maurício Fanfa. Cenografia: Cristiano Bittencourt. Figurino: Andersen Martins. Costureira: Tânia Galarça. Soluções tecnológicas: Lucas Guillande. Iluminação: Rafael Jacinto. Sonoplastia: Vinicius Bertolo. Colaboração: Bruno Medeiros, Geison Sommer, Marcele Nascimento, Janaina Castaldello, Entalier, Latino America Comunicação. Produção: Teatro Por Que Não?

Pax Julia – Sala Principal, 10 de Março de 2016

3ª edição do FITA – Festival de Internacional de Teatro do Alentejo

SAY HELLO para o futuro é um espectáculo do grupo Teatro Por Que Não?, de Santa Maria – Rio Grande do Sul, que teve sua estreia no dia 1 de Março de 2015, no Espaço Cultural Victorio Faccin,  e é agora apresentado no 6º dia do FITA.

Continuar a ler

Standard